Anais de Evento

Rastreamento do câncer de mama em um programa estruturado de atenção: núcleo mama porto alegre ¿ Hospital Moinhos de Vento

DAKIR LOURENCO DUARTE FILHO, CLARISSA SANTOS FERREIRA AMARAL, ADEMAR JOSE BEDIN JUNIOR, JULIANA ZENI BREYER, RODRIGO ANTONINI RIBEIRO, MAIRA CALEFFI, ELIANA MARCIA DA ROS WENDLAND, Marcia Graudens

Em: Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. 11., 2015, Goiânia, v. 0, n. 0, p. 0-0.

Motivo: Produção PPG IEP + PROADI

Setor HMV: Iep Unidade Pesquisa Em Saude

Área da saúde: Epidemiologia

Resumo: Apresentação/introdução: O câncer de mama é a principal causa de morte por câncer entre as mulheres. Intenso debate tem sido travado acerca dos benefícios e danos do rastreamento populacional. Com a melhora no tratamento sistêmico, a redução de risco de morte devido ao rastreamento passa a ter menor impacto e o acesso rápido ao diagnóstico e tratamento passa a ter papel fundamental no controle da doença. Objetivos: Investigar o impacto da implementação de um centro organizado para o rastreamento, diagnóstico e tratamento do câncer de mama em indicadores de qualidade, comparando estes indicadores a padrões internacionais. Metodologia: Mulheres de 40 a 69 anos foram seguidas anualmente entre 2003 e 2014, sendo coletada a história gineco-obstétrica e realizado um exame clínico e mamográfico. Os procedimentos diagnósticos e cirúrgicos foram realizados pelo programa. Foram calculados indicadores de cobertura (taxa de participação e de retenção), de seguimento (taxa de exames anormais) e de detecção (taxa de detecção de carcinoma in situ e invasivo e de detecção de tumores em estadios iniciais). A qualidade do rastreamento foi avaliada através do valor preditivo positivo (VPP), sensibilidade e especificidade. O tempo entre a primeira consulta, confirmação diagnóstica e tratamento foram definidos como indicadores da performance. Resultados: 9.182 mulheres foram recrutadas, sendo 4.713 em idade de rastreamento. Entre as que fizeram a primeira mamografia, 50% retornaram para exame subsequente em 18 meses e 70% em 30 meses. Após o primeiro round, as taxas de retorno ficaram entre 80 e 90%. Do total de mamografias realizadas (24.904), 3,1% (779) foram alteradas e 9,2% destes confirmaram o diagnóstico de câncer. O VPP em mulheres de 50-69 anos foi o dobro das mais jovens. A taxa de detecção de câncer em estádios iniciais foi maior nas mulheres mais velhas. 80% das mulheres tiveram o diagnóstico e tratamento cirúrgico realizado em até 30 dias e tratamento neoadjuvante em até 60 dias, sendo este tempo maior nas mulheres de 40-49 anos. Conclusões/Considerações: A cada 400 mamografias, 12 necessitaram realizar exames complementares e uma mulher rastreada teve o diagnóstico de câncer de mama confirmado. O programa apresentou taxas de adesão baixas com altas taxas de retenção e tempos de resolução muito inferiores aos relatados na literatura, refletindo em percentagens maiores de carcinoma em estádios iniciais.

Envie um e-mail para os autores

© Copyright 2010 Hospital Moinhos de Vento - Todos os Direitos Reservados

Hospital Moinhos de Vento - Rua Ramiro Barcelos 910 - Bairro Moinhos de Vento - Porto Alegre - RS , CEP: 90035-001 - Fone: (51) 3314 - 3434

Hospital Moinhos de Vento Iguatemi - Shopping Iguatemi 3º andar - Porto Alegre - RS, CEP: 91340-001 - Fone: (51) 3327 - 7000

Responsável Técnico - Dr. Luiz Antonio Nasi - CREMERS 11217

Fale Conosco | Ouvidoria | Trabalhe Conosco | Localize e Visite | Mapa do Site